Home / Academia / Taekwondo paraolímpico

Taekwondo paraolímpico

Normalmente, buscar o conhecimento sobre o taekwondo paraolímpico é bastante interessante e um dos passos mais importantes para aqueles que desejam realizar essa modalidade de esporte, porém, que apresentam determinada dificuldade.

Uma das principais questões é que grande parte das pessoas que se encontram interessadas pelo taekwondo acabam não possuindo muito entendimento ou noção de como ela verdadeiramente funciona, apresentando um desconhecimento das suas principais regras.

Dessa forma, é sempre válido que você comece a prática do taekwondo tendo em mente um pouco de conhecimento dos mandamentos básicos dessa arte marcial, pois assim isso não irá lhe causar algum tipo de problema.

Taekwondo paraolímpico

Conheça mais sobre o taekwondo paraolímpico  

Geralmente, um ponto bastante importante sobre o taekwondo paraolímpico, são as posturas e os comandos, em que dentro de uma área de treinamento existem sempre protocolos de condutas que necessitam serem entendidos.

Mas, no geral, essa arte marcial é composta por diversas partes, como movimentos básicos, formas, luta ou combate, destruição ou quebramentos, e defesa ou torções. Para que você possa entender melhor, confira abaixo algumas formas do taekwondo:

  1. Forma – Poom-se: são movimentos já pré-determinados sob algumas circunstâncias de combate ou de luta com algum inimigo imaginário, onde se pode obter um bom aperfeiçoamento das técnicas básicas, do condicionamento físico e mental, além da evolução em todos os componentes do seu organismo.
  2. Luta – Kyorugui: normalmente o taekwondo possui duas maneiras de luta, em que uma é livre, podendo-se usar livremente as técnicas que são adquiridas em defesa ou ataque.

E a outra é a luta já pré-combinada, ou seja, a competição, a qual deve seguir uma sequência pré-estabelecida para uma demonstração ou prática.

  1. Quebramento – Kyukpa: essa é uma das maneiras de testar determinados poderes de quebra em objetos, como telhas, tábuas e tijolos.

Taekwondo paraolímpico

Confira algumas regras do taekwondo paraolímpico

Sobre o taekwondo paraolímpico, saiba que nas competições, os atletas necessitam golpear os seus adversários com as mãos para poderem marcarem pontos ou então nocauteá-los.

Assim, os socos podem chegar a atingirem qualquer parte do corpo que seja acima da cintura e que deve sempre estar coberto por protetores, além de poder acertar o peito do oponente.

Geralmente, cada combate pode apresentar três assaltos, onde cada um sempre possui a duração de dois minutos e com intervalos de um minuto entre eles, em que os lutadores podem ser divididos em categorias de acordo com os seus pesos. Mas, no geral, existem três formas para vencer a luta, confira:

  • Nocaute: esse é muito parecido com o boxe, em que depois que o lutador sofre uma queda pelo adversário e cai no chão, se inicia uma contagem de dez segundos para ver se ele irá conseguir continuar lutando.

Assim, caso o lutador não apresente qualquer reação depois da contagem, então o adversário é declarado como vencedor por nocaute.

  • Pontos: nesse caso, a cada golpe bem realizado no adversário, sempre valerá ponto.

Em relação a um golpe de punho, por exemplo, isso equivale a 1 ponto.

Além disso, uma luta também pode ser terminada antes do seu tempo, onde isso ocorre caso um dos lutadores chegue a atingir uma diferença de sete pontos do seu adversário ou alcance primeiro os 12 pontos.

  • Desclassificação: quanto a desclassificação, um lutador pode acabar perdendo pontos ou ser desclassificado na luta caso ele agarre ou empurre o seu adversário, desferi socos no rosto, atinja abaixo da linha da cintura ou então seja indisciplinado.

Portanto, é bastante interessante conhecer um pouco mais sobre o taekwondo paraolímpico, onde tal prática é caracterizada como sendo simples, em que se podem usar as mãos para que o lutador possa repelir o adversário, não existindo a agressão física, ou seja, sem danos físicos ao oponente.

 

Sobre rafael

Veja Também

Natação Para Bebês Idade Mínima – Confira!

Muitos pais possuem algumas dúvidas em relação a natação para bebês idade mínima, porém cada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *